>

domingo, 11 de dezembro de 2011

Taxar e tachar

.


Airton Soares


Dúvida? Nunca mais!
.
TAXAR Lembre-se de que nas aulas de matemática, aprendemos a encontrar o valor de “x”. Nunca o de “ch”. Encontramos o valor de ”x”... O valor dos impostos... O valor das taxas, etc e etc...

TACHAR
A situação é a seguinte: minha tarefa é pregar um prego na parede. A primeira coisa, antes da primeira martelada, é demarcar o lugar onde será afixado o prego.

Não se desapregue da imagem do prego, da tacha. Entremos em outra sala mnemônica. Todas as vezes que escrever tachar (com “ch”), lembre-se daquele dia em que, tomando uma cervejinha no barzinho da esquina, você simplesmente, na hora de pagar... “Pendura aí" Zé, semana que vem a gente se acerta. E... o tempo foi passando... passando e você não pagou a farra que fez. Então, por lá, você foi tachado de velhaco!

Outra maneira de associar a palavra TACHAR. = T. ACHAR = Te ACHO uma pessoa velhaca. Eu pus um defeito em você ou minha impressão é de que você tem esse defeito. É isso o que eu ACHO.

Portanto, tachar (com “ch”) é censurar; pôr tacha ou defeito em; manchar. Citemos apenas duas frases para sedimentar a aprendizagem: “Não me tachem de espírito vil” (Machado de Assis). “Muitas vezes as pessoas são tachadas de dinâmicas, mas não passam de agitadas.” (li por aí).

Pois pronto! Taxar (com x) é regular o preço de. E tachar (com ch) é avaliar procedimento, conduta.

Com essas técnicas mnemônicas, espero ter contribuído para sanar de vez sua dúvida sobre essas palavras homônimas homófonas.

Nenhum comentário: