>

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Homenagem à Bia Bedran

BIENAL-internacional-LIVRO-ceará-2014-XI
 
Minha singela homenagem à escritora e contadora de histórias, Bia Bedran, na ocasião de sua palestra [10/12/14].
.
Síntese da minha homenagem:
... Bia nos prende pelo afeto, mas sobretudo pela SIMPLICIDADE.
... Depois, sapequei Zé da Luz.[ver texto abaixo]
.... Por fim, após os aplausos, mais Zé da Luz: parem, parem. quando escuto muito palma, eu saio fora do tom e oiço a voz da minha alma a dizer: EU ACHO É BOM!
= = ==
Zé Da Luz
Eu nunca aprendi a lê
Eu nunca tive in iscola
Mais Deus me deu o sabê
De sê impruvisador e tocador de viola.

Eu num invejo a sabença
De nenhum home letrado
Deus me deu inteligença
Qui tem feito diferença
A muito doutô formado.

De que serve os anelão
Qui esse doutô põe nos dedo
Se de uma impruvisação
Eles num sabem o segredo.

E as iscola, as academia?
Faz douto de todo jeito:
Faz doutô de engenharia
Doutô juiz de direito
Doutô pra curar doença
Faz inté doutô dentista
Mais nunca há de fazê
Um doutô sair de lá
Formado na puisia
Num poeta repentista

......
Airton Soares
PAI - Poeta-Ator-Instrutor
[85] 8678.0334
— com Bia Bedran.

Nenhum comentário: