>

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

► Dalinha presta homenagem a Airton Soares

<>

Fechando o mês de janeiro, em versos, a talentosa poetisa Maria de Lourdes Aragão Catunda (Dalinha Catunda), acadêmica correspondente da Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes, no Rio de Janeiro, RJ, presta homenagem ao primo, amigo e acadêmico ipuense Airton Soares, o PAI – Poeta, Ator e Instrutor.


SÓ ARES DE AIRTON
*
Este homem que hoje Chora
Ontem mesmo vi sorrir.
Este cara é um artista,
Que aprendeu bem a fingir.
O meu olhar não duvida
Que no palco desta vida
Ele é um astro a luzir.
*
Quantos papéis ele vive,
Em tudo que se aventura?
Horas homem centrado,
E horas beira a loucura.
No atrair de olhares,
A luz de Airton Soares
Vai espalhando cultura.

* * * * *
Ouviram?!
Não das margens do Ipiranga,
mas da biblioteca de 30 mil títulos,
instalada no prédio da ex-estacão ferroviária do Ipu.
- jpMourão

Nenhum comentário: