>

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

crônicASemanal - TUDO É UMA QUESTÃO DE PONTO DE VISTA E CIRCUNSTÂNCIA

Por Airton Soares

TUDO É UMA QUESTÃO
de ponto de vista e circunstância. O importante não é a peça [s],em si, mas a combinação. Estas as li por aí, faz um tempão. De tanto repeti-las em minhas palestras já me dou o direito  de não usar aspas. Roland Barthes que o diga.

ISTO TEM SIDO MEU PASSADIO
Nasci com o espírito talhado para juntar-analisar-comparar frases, reflexões...provérbios. Quem se ocupa disso é chamado de paremiólogo.

E SE PRESTAMOS
atenção  aos rumores, aos ruídos do universo, sempre pousará em nossa vista mais e mais peças para comporem nossa sinfonia semântica.

OPA, POUSO Á VISTA!
"Quando um homem quer matar um tigre, chama a isso desporto;
quando é o tigre que quer matá-lo, chama a isso ferocidade.
A distinção entre crime e justiça não é muito grande."

QUEM DISSE?
Bernard Shaw, o dramaturgo, romancista irlândês, também autor de comédias satíricas de espírito irreverente e inconformista.

FIQUEMOS POR AQUI
com mais show, digo, Shaw: Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma.






Nenhum comentário: