>

sábado, 31 de janeiro de 2015

Mario Quintana disse:

O mais triste de um passarinho engaiolado é que ele se sente bem.

Mario Quintana

FLIP homenageia Mário de Andrade em sua 13ª edição


Um autor para o século 21

A obra e a vida de Mário de Andrade ajudaram a moldar a cultura brasileira – entre os frutos indiretos de sua atuação estão, por exemplo, a preservação da cidade de Paraty e a própria Flip, que guarda muito de seu espírito irrequieto, festeiro e articulador. Nada mais justo que, em sua 13ª edição, a Festa Literária Internacional de Paraty homenageie o autor paulista, morto prematuramente em fevereiro de 1945, cuja vida e obra ainda iluminam o Brasil do século 21. A Flip acontecerá entre 1 e 5 de julho.
via site FLIP

Mário de Andrade

Eu sou um escritor difícil
Que a muita gente enquisila,
Porém essa culpa é fácil
De se acabar de uma vez:
E só tirar a cortina
Que entra luz nesta escuridez.

(A Costela de Grão Cão) fonte: releituras
Mário de Andrade
 09/10/1893 // 25/02/1945

http://www.releituras.com/marioandrade_bio.asp 

Poesia Mario Quintana

"Neste mundo de tantos espantos,

Cheios das mágicas de Deus,


O que existe de mais sobrenatural,


São os ateus"


Mario Quintana


- - 
Hoje, dia internacional do mágico

Norman Mailer - escritor estadunidense

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.

Norman Kingsley Mailer (nasceu dia 31 de janeiro de 1923) é um escritor estadunidense.

  • "Morrer não deve ser tão difícil. Até hoje, todos foram bem-sucedidos."
Norman Mailer citado em "As melhores frases de ironia e irreverência‎" - Página 81, GARAMOND, Editora Garamond, ISBN 8576170868, 9788576170860- 120 páginas
  • "Não creio que a vida é um absurdo. Penso que estamos todos aqui para um enorme propósito. Penso que temos medo de a imensidade da finalidade para que estamos aqui."
I don't think life is absurd. I think we are all here for a huge purpose. I think we shrink from the immensity of the purpose we are here for.
Norman Mailer em entrevista com Divina Infusino em American Way (15 de junho de 1995)
The natural role of twentieth-century man is anxiety.
Norman Mailer in The Naked and the Dead (1948)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

NOVO ANO

Agustina Bessa-Luís

Portugal 
n. 1922 
Escritora 

Novo Ano

Eu desejaria que o Novo Ano trouxesse no ventre morte, peste e guerra. Morte à senilidade idealista e à retórica embalsamada; peste para um certo código cultural que age sobre os grupos e os transforma em colectividades emocionais; guerra à recuperação da personalidade duma cultura extinta que nada tem a ver com a cultura em si mesma. 

Eu desejaria que o Novo Ano trouxesse nos braços a vida, a energia e a paz. Vida o suficientemente despersonalizada no caudal urbano para que os desvios individuais não sejam convite ao eterno controlo e expressão das pessoas; energia para desmascarar o sectarismo da sociedade secularizada em que o estado afectivo é mais forte do que a acção; paz para os homens de boa e de má vontade. 

(31 de Dezembro de 1979) 

Agustina Bessa-Luís, in 'Caderno de Significados'